Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alma de Hygge

O Hygge é um estilo de vida dinamarquês que define uma chave para a felicidade. Este blog é o culminar dessa filosofia com os fatores que para mim contribuem para ela. Ou seja, é a minha Alma Hygge!

Alma de Hygge

O Hygge é um estilo de vida dinamarquês que define uma chave para a felicidade. Este blog é o culminar dessa filosofia com os fatores que para mim contribuem para ela. Ou seja, é a minha Alma Hygge!

Meu querido mês de agosto

Estamos a meio do mês de agosto. Comparo-o a um mês de inverno. Dezembro! Digo isto pela azáfama que se vive tanto no "meu querido mês de agosto" como no "meu querido mês de dezembro". E daqui a nada é Natal!
Não sei se têm reparado, mas parece que a crise portuguesa está abrandar. Bem, é gente por todo o lado! Restaurantes apilhados, uma compra e venda frenética desde aos artigos mais banais até aos imóveis. Mas que saudável que isto é! Já tinha saudades de um verão financeiramente estável como aparenta e tão quente e solarengo como se tem sentido. (Sim, não nos podemos queixar!) Há cerca de uns 6 anos que o país se encontrava apático. Atualmente, não falta movimento por todo o lado... e turistas?! Esses então, se antes não faltavam, hoje estão por todo o lado. E venham eles!

Posto isto, espero que estejam aproveitar para fazer coisas hygge!! Gozem muito, porque infelizmente temos pouco mais de um mês para desfrutar o verão. Mas não se esqueçam que mesmo sem calor, ou sem praia, ou sem sol, ou sem dias longos ou sem esplanadas há sempre coisas hygge para fazer! Lá para outubro/ novembro já podem saborear um bom vinho ou um chocolate quente, bem junto do vosso mais que tudo e da lareira de vossa casa. Este é só um exemplo... 
Agora que tiraram 2 minutos do vosso tempo para lerem estas minhas palavras, vão até à praia ou vão comer um gelado com quem vos faz bem.

 

Pedrógão grande- O inferno e a dor

Hoje uma nação de luto e triste.
Mortos, feridos, dor, sofrimento, lágrimas, chamas, devastação, desalojados, conquistas de uma vida inteira perdidas... Um desastre.

Pode não ter sido na tua aldeia, vila ou cidade mas aconteceu!
Podias ser tu, podia ser eu, qualquer um de nós.
Vamos ajudar da maneira que nos for possível!
Os bombeiros estão aceitar ajuda em qualquer quartel do país.
Bolachas, água, conservas, frutos secos e barras energéticas, que são as únicas coisas que não se estragam com o calor.
Informem-se no quartel da vossa área de residência.

UM GIGANTE OBRIGADA a todos os que ajudam neste flagelo, especialmente aos Bombeiros-Heróis, à Protecção Civil, à PSP e à GNR.

19366496_237851060047050_4712557471158540255_n.jpg

 

 

19366440_237851086713714_2237388242432337474_n.jpg

 

 

19366336_238052310026925_3005843547004588949_n.jpg

Porque não pode ser só o futebol que nos une.
Uma rápida chamada para a linha solidária 760 100 100 e estão ajudar com 0,50€.

 

 

Só mesmo para lembrar que a vida é só uma

Meninas e claro meninooos façam da vida uma diversão. Porque viver não é um sofrimento.
Há quem viva a sofrer sem razão, não permitam isso.

Viver é uma dádiva!

Façam tudo para serem felizes, mesmo nos momentos menos bons!

(Cá para nós, que ninguém nos ouve...

Já sorriram hoje?

Quando foi a última vez que deram uma boa gargalhada?!)

 

               Bora ser Hygge!!

 

 

De facto, por vezes somos uma canseira

Lembram-se do que sofre o vosso marido/namorado 

quando querem tirar uma foto (trezentas) com ele?

quando lhe perguntam se preferem o verniz rosa ou vermelho? Se eles escolhem o vermelho, a nossa seguinte pergunta será: Porquê? Não me fica bem o vermelho?

quando procuram um restaurante para irem jantar? A nossa indecisão chega a ser tanta, que os leva a que fiquem por tudo, até mesmo comer leite com cereais em casa ou vamos ao restaurante mais caro das redondezas.

quando têm que sair sem a nossa companhia? Somos pior que a PJ. Perguntámos quem vai, se vão mulheres, quanto tempo vão demorar e.t.c. No fim do questionário conseguimos o que até no fundo nem queríamos LOl, já não vão a lado nenhum.

quando estamos naquela altura do mês? E sejamos sinceras, não são 4 a 6 dias. Porque o TPM alarga essa perído para mais uma semanita.

quando são atacados por um vírus de fofura e nos levam às compras? Arrependem-se mais disso do que alguma vez não terem assistido a um clássico porto-benfica.

E estes são só alguns dos exemplos.


Hoje, apeteceu-me que podia ser dia do Homem. Então deixo o desafio: vamos todas agradar o nosso mais que tudo de alguma maneira, por estas e por outras razões.

 

 

p000001990.jpg

 

É ele que nos põe doentes e com mau estar. É ele que causa a inflamação no corpo, nomeadamente no sistema gastrointestinal. É ele que altera o nosso corpo, que nos deixa gordos e que nos acidifica. Deixamos de ser alcalinos, como quando nascemos

Tenho andado desaparecida, mas VOLTEI! :)
E trago um assunto muito falado nos dias que correm e que eu adoro. Porém, importante! A alimentação.

Derivado a todo o conhecimento que tenho vindo a adquirir com os melhores, apostem sem medos, numa alimentação à base de carne, peixe, ovos, fruta e legumes. É fundamental que a carne venha de animais felizes (animais criados ao ar livre), que os peixes sejam selvagens e que os ovos, legumes e fruta sejam também biológicos. Não é a carne de porco em si que faz mal à nossa saúde, são os aditivos que nela metem! E o mesmo acontece com outras carnes. Claro, que mesmo esta sendo caseira não convém comer à vontadinha. Mas se o chouriço, ou o presunto ou o lombo de porco forem caseiros, não abdiquem.

A regra de ouro é comer o que é natural, caseiro.... Comer como antigamente!

 Nas vossas próximas idas ao hipermercado deixem de lado a secção das massas, do arroz, do pão, das bolachas, dos cereais e das farinhas trigas e.t.c. No fundo tudo o que é composto por glutén não tem interesse, nem valor nutricional. É ele que nos põe doentes e com mau estar. É ele que causa a inflamação no corpo, nomeadamente no sistema gastrointestinal. É ele que altera o nosso corpo, que nos deixa gordos e que nos acidifica. Deixamos de ser alcalinos, como quando nascemos também à custa desse saboroso inimigo. No fundo, é mais uma vez ele um dos causadores de muitas doenças como o cancro. E sim, o glutén mata-nos aos bocadinhos. Mas não é o único! O açúcar  esse também é um veneno. E não adianta substituir por açúcar de coco ou stevia. Reparem é açucar na mesma e quando estes chegam ao nosso organismo não lhe é dado nome. É açúcar invariavelmente. O nosso organismo não os sabe diferenciar. Claro que essas substituições acabam por ser mais saudáveis, que o simples açúcar refinado e assim obtemos energia e aquela satisfação de adoçar o bico.
E vou deixar bem claro, que as gorduras boas como o azeite extra-virgem, ómega 3 ou as gorduras presentes em carnes caseiras são essenciais e não são prejurativas. Crescemos a ouvir que as gorduras engordam e nos fazem mal. Incutiram-nos isso. Erradamente! O fígado vai ser poupado se ingerirmos gordura boa minha gente.
Façam a experiência! Eliminem o glutén e o açúcar ou pelo menos o mau açúcar. Pode não ser a curto prazo ,que os resultados vão aparecer. Mas vão ver diferenças mais tarde ou mais cedo. Diferenças muito benéficas! Tanto no vosso bem-estar, como no vosso peso. Podem ficar magros, que o importante não são os quilos, mas sim a vossa saúde.

Acompanhem as vossas proteínas com batata (se possível doce, porque tem alto valor nutricional) e com vegetais.

Se adoram pão, no máximo façam-no em casa. Se adoram biscoitos, bolos, crepes, panquecas e toda uma parafernália de doces, vão até às vossas cozinhas e com ingredientes do bem (óleo de coco, farinha de amêndoa, cacau puro, mel e por aí adiante) vão cozinhar um belo manjar.

A manteiga, o queijo, as natas, os iogurtes ( estes têm que ser provenientes de vacas felizes) e o atum ainda são permitidos. Manteiga ghee ou milhafre. Queijo quark por exemplo. Natas frescas! Iogurtes gregos gordos! Atum em água ou azeite extra virgem! Apesar de serem lacticínios aceitam-se. Até porque os iogurtes são probióticos ótimos para os nossos intestinos. Leite não! Este não é fermentado como acontece nos iogurtes e é mais difícl de digerir.

Água sim, muita! Alcalina! Água das Pedras também. Chá com ervas naturais, maravilha! Sumos naturais não. Fruta é para ser comida crua.

Vegetais cozidos o mínimo possível. É importante preservar os nutrientes dos mesmos.

E vamos lá parar de denegrir a imagem do sal. Ervas aromáticas são muito melhores para temperar, é um fato. Mas acreditem que sal marinho, integral ou flor-de-sal até podem ser benéficos.

É benéfico comer quando temos fome.
É também benéfico exercitar o corpo, mas não fazê-lo de forma exagerada. É só rídiculo.
Tentem curar uma mazela sem medicamentos. Esses, pode até parecer que não, mas não querem o nosso bem.

Somos o que comemos, por isso atrevam-se a seguir estes meus conselhos.

Por fim, deixo-vos um pequeno-almoço excelente: 3 Ovos mexidos,metade de pêra abacate, um morango e 4 nozes.

Continuem por aí!

FIGURA%202-2_1.jpg

 

 

Eu cá prefiro evitar as larvas

Hoje estava eu prestes almoçar quando li uma notícia que reduz qualquer apetite!
"Homem internado em Lisboa com parasita por ter comido sushi" - foi este o título que me levou a ler o corpo da notícia. Pelos vistos, uma vulgar ida a um restaurante de sushi deu lugar a uma semana de mau estar abdominal, febre e vómitos. Após exames médicos, comprovou-se que o indivíduo com estes sintomas, tinha um parasita alojado nos seus intestinos. Maldito sushi que ele comeu!

 

Ora vamos lá ver uma coisa...

Até os homens das cavernas, no período paleolítico, usavam o fogo! O homem primitivo entendeu que o podia usar para o seu próprio aquecimento, para a defesa contra os animais de grande porte e para COZINHAR os seus alimentos.
Se até eles, naqueles tempos primórdios, cozinhavam os seus próprios alimentos,o que deu à população para comer peixe cru?!

Eu já provei a iguaria, e lá está a menos que seja frita é que lá vou comendo. Mas dispenso! Cru então, para mim é intragável! Não sou a favor deste prato japonês. Aliás, não sou aapreciadora de culinária japonesa nem chinesa. Tanto pelo sabor como da forma como são confecionados os alimentos. Sou grande apreciadora da alimentação mediterrânica, isso sim.

A meu ver, existem alimentos que têm mesmo quer ser cozinhados! Deixem para lá os sushi, salmão grelhado é tão bom!